Mãe de primeira viagem: 10 dicas essenciais sobre maternidade!

Mãe de primeira viagem
Mãe de primeira viagem

Dizem que quando o bebê nasce, também nasce uma mãe. É verdade que na maternidade aprendemos muitas coisas sozinha e nosso instinto fica muito mais aflorado. Mas ter dicas sobre maternidade nunca é demais, então reuni uma série de informações essenciais para a mãe de primeira viagem que está próxima de enfrentar os novos desafios da maternidade. 

Sendo assim, confira essas 10 dicas pensadas especialmente na mãe de primeira viagem. Elas com certeza farão a diferença em sua vida!

Como começar a introdução alimentar corretamente: dicas, orientações e muito mais

1. Planeje o parto e a maternidade 

O parto é uma das etapas da maternidade de maior preocupação da mãe de primeira viagem. Contudo, planejar o parto e até mesmo escolher a maternidade em que você terá o bebê é algo que permite ficar mais tranquila e se preparar para qualquer imprevisto. 

Esse evento de grande importância merece um planejamento especial, que deve ser feito junto ao obstetra e até mesmo com o apoio de outras pessoas como uma doula, por exemplo. 

A primeira coisa a decidir é o tipo de parto (normal ou cesárea) e se será humanizado, natural, entre outras características. No plano de parto é importante definir se haverá analgesia, quem será o acompanhante, se haverá doula, a posição escolhida para dar a luz, se haverá música no ambiente, entre outras coisas. 

Outra coisa muito importante é visitar a maternidade. Isso deixará você mais tranquila, pois você já conhecerá o ambiente, os profissionais que ali trabalham e a infraestrutura do lugar. 

Cólicas na gravidez: é normal, quais são as causas e como aliviar o sintoma!

2. Descanse muito antes do parto

Todo mundo está falando para você aproveitar a gravidez para descansar? Essa é uma sugestão muito boa, então realmente aproveite. Principalmente nas últimas semanas antes do parto, aproveite para descansar e concentrar suas energias para o trabalho de parto. Além disso, você precisará dessas energias para cuidar do bebê nas primeiras semanas, que são as mais cansativas. 

3. Aceite ajuda sempre que precisar

Você como mãe de primeira viagem deve estar ansiosa para fazer tudo sozinha, como trocar as fraldas, amamentar, dar banho, acalmar o choro e ainda cuidar do lar. Mas saiba que tudo isso é muito cansativo e logo você estará esgotada. Então não tenha medo ou receio de pedir ajuda, seja para seu companheiro, mãe, irmã, sogra, cunhada ou até a melhor amiga. 

4. Não se desespere com o choro do bebê

Bebês choram, uns mais e outros menos. A verdade é que o choro é a forma como o bebê tem para se comunicar e nem sempre ele sabe fazer isso corretamente. Para a mãe de primeira viagem, é fundamental não se desesperar quando o bebê estiver chorando, pois ele também está aprendendo que o choro é sua forma de comunicação. E nem sempre o choro indica uma necessidade como fome, dor, sono ou troca de fralda. Às vezes ele só está se sentindo inseguro e com saudade do útero. 

Dicas para interpretar o choro do bebê

5. Reserve dinheiro para as vacinas do bebê

Algo pouco comentado, mas que tem grande importância, são os custos com as vacinas do bebê no primeiro ano de vida. A maioria das vacinas recomendadas pela Sociedade Brasileira de Pediatria podem ser adquiridas nas unidades básicas de saúde de todo o país. 

Contudo, as vacinas contra meningite B e até mesmo a ACWY só podem ser adquiridas na rede privada. Além disso, caso você prefira vacinar na rede privada é importante reservar dinheiro para a vacinação. 

6. Coloque o bebê para dormir quando ele demonstrar sono

Aprenda algo desde já, quanto mais cansado está o bebê, mais difícil é para ele dormir. Isso também acontece com nós adultos e parece um grande contrassenso. Então, quando ele demonstrar sono, não espere até que ele fique mais cansado. Coloque o bebê para dormir nos primeiros sinais de sono e você perceberá o quanto será mais fácil passar por esse desafio.

7. Aproveite o sono do bebê para dormir sempre que puder

Esse é um conselho de mães experientes. Se você é mãe de primeira viagem, não fique com vergonha ou receio de dormir várias vezes durante o dia. Isso contribuirá para sua saúde, para a produção de leite, para o seu descanso e várias outras coisas. 

Sempre que o bebê dormir e você estiver cansada, aproveite para tirar aquele cochilo e renovar suas energias. Assim você estará menos cansada para cuidar do seu bebê. 

Viagem com criança pós-pandemia: dicas de cuidados e orientações!

8. Se prepare para lidar com as temidas cólicas do bebê

Se tem uma coisa que deixa a mãe de primeira viagem aflita é o choro de cólica do bebê. As cólicas começam por volta do 2º ao 3º mês de vida e causam muita dor e sofrimento no bebê. Por isso, se você aprender a lidar com as cólicas será mais fácil passar por essa etapa.

As dicas são: aprenda massagens para aliviar a cólica do bebê, tenha sempre uma compressa morna, coloque o bebê em uma posição confortável, converse com o pediatra sobre os melhores remédios para aliviar a cólica do bebê.

9. Passeie em família quando puder e quiser

Após o primeiro mês de vida, o bebê já está liberado para os passeios em família com os cuidados necessários. Isso significa que você não precisa ficar trancada com o bebê dentro de casa se sentindo isolada, fora de contexto e sem saber mais o que é passeio. 

Pelo contrário, os primeiros meses do bebê são os melhores para passear, pois eles dormem o tempo todo e quase não dão trabalho. Por isso, aproveite para fazer passeios leves, tomar vitamina D e visitar aqueles que estão sempre do seu lado. 

10. Divida as tarefas e cuidados com o pai do bebê

Hoje em dia ainda há muitas mulheres que trabalham e cuidam do lar sozinhas. Após ter o bebê, essas mulheres têm que lidar com as tarefas domésticas e cuidados com a criança. Esse é um grande problema que levará ao desgaste mãe de primeira viagem. 

Sendo assim, divida as tarefas domésticas e os cuidados com seu parceiro. Afinal, vocês moram juntos e têm um filho juntos. Isso significa que todas essas atividades precisam ser feitas juntos. Faça isso e você perceberá como as coisas ficarão muito mais fáceis. 

Essas são as 10 dicas para mãe de primeira viagem que quase ninguém conta. Se você já é mãe, deixe nos comentários suas dicas de maternidade para as mamãe de primeira viagem. E se essa é a sua primeira vez na maternidade, conte quais são suas dúvidas e eu tentarei te ajudar da melhor forma. 

Posts Relacionados