Tiradentes MG: conheça um pouco mais desta cidade charmosa!

Que Tiradentes é uma cidade história, todo mundo sabe, mas que ela é bem charmosa e de uma linda arquitetura, só quem passa por lá para saber.

Tiradentes
Tiradentes

Tivemos a oportunidade de passar 4 dias em Tiradentes, depois de dois anos tentando. Leandro ama história e umas das cidades que ele mais tinha vontade de conhecer era Tiradentes. O tempo não ajudou muito, choveu bastante, mas conseguimos conhecer vários pontos turísticos. Vem comigo que vou contar tudo para você!

Aqui você encontra mais dicas!

Tiradentes MG: conheça sua história

Tiradentes
Tiradentes

Povoada a partir de 1702, a cidade de Tiradentes, na região Central de Minas Gerais, homenageia em seu nome o alferes Joaquim José da Silva Xavier, conhecido pelo apelido de Tiradentes.

Joaquim José da Silva Xavier, “Tiradentes”, consagrou-se por sua participação ativa na Inconfidência Mineira. Tragicamente, ele foi o único dos envolvidos no movimento a receber a pena de morte, uma vez que os outros envolvidos foram perdoados pela Coroa Portuguesa.

De uma família de origem humilde, Joaquim José nasceu na Capitania de Minas Gerais, em 12 de novembro de 1746. Com a morte prematura dos pais, ele precisou exercer inúmeros trabalhos ao longo de sua vida, como a de dentista amador, função que lhe deu o apelido de “Tiradentes”.

Ele também havia trabalhado na mineração, porém, foi no posto de alferes nos quadros da cavalaria imperial que Tiradentes alcançou certa estabilidade. Apesar da pouca instrução, ele era um republicano convicto e adepto dos ideais do Iluminismo.

Nas duas últimas décadas, a cidade se tornou um dos pontos turísticos mais requisitados no Estado, ao aliar a simplicidade e o colorido de suas casas coloniais à oferta de pousadas bem cuidadas, restaurantes requintados e a badalação social.

Poucas ruas formam a cidade com mais de 8.000 moradores, entre eles, algumas centenas de profissionais das mais diversas áreas.

O Centro Histórico de Tiradentes concentra grande parte das atrações da cidade incluindo os pontos turísticos, igrejas, restaurantes, lojas e pousadas.

5 Dicas de passeio em Petrópolis

Como Chegar em Tiradentes

A cidade de Tiradentes está localizda no estado de Minas Gerais, com as seguintes distancias, de Belo Horizonte 210 km, São Paulo 485 km, Rio de Janeiro 335 km.

Saimos de Volta Redonda interior do Rio de Janeiro, e passamos pela estrada MGC-383. São aproximadamente 155 km. Neste trajeto fomos apreciando a paisagem, e curtindo a natureza. A estrada é bem tranquila, passa por um pequeno ponto sem asfalto.

Nesta estrada não possui pedágio, gastamos aproximadamente 5h de viagem na ida, pois paramos para almoçar e paramos em algumas cidades, para fazer alguns registros. Passamos por Santa Rita de Jacutinga, Bom Jardim de Minas, Andrelandia, Me. de Deus de Minas, logo chega em São João Del Rei e em seguida Tiradentes. A volta ja foi bem menos, apenas 3h direto sem parar!

O que fazer em Tiradentes Minas Gerais

Uma mistura do passado com o presente, do simples com o sofisticado, do urbano com o rural. Tiradentes se reinventou para receber turistas do mundo inteiro, mas ainda assim consegue conservar todo o charme do seu passado colonial!

A cidade é pequena, mas são tantos detalhes, tanto capricho e tanto aconchego, que um fim de semana é o mínimo para você conhecer o melhor de Tiradentes!

Confira alguns dos pontos turísticos de Tiradentes

Comece o passeio pelo Largo das Forras, mais tradicional praça de Tiradentes e ponto de encontro das ruas principais.

Tiradentes oferece lindas lojas para quem está em busca de móveis rústicos, obras de arte, artesanatos de qualidade e objetos de decoração.

Curiosidade: o Largo das Forras tem este nome porque era onde os escravos recebiam a carta e alforria para então ganharem a liberdade.

Circuito Religioso Tiradentes

Igreja Matriz de Santo Antônio

A Igreja Matriz de Santo Antônio é o mais antigo e principal templo católico de Tiradentes, Minas Gerais, um dos mais ricos exemplares do barroco brasileiro, construído com a frente voltada para a Serra de São José. Logo na entrada, é difícil não se impressionar com os lustres de prata e a quantidade de ouro que decoram o altar e suas imagens.

A Igreja possui 482kg de ouro em seu interior, sendo a segunda Igreja com a maior quantidade de ouro do Brasil, atrás apenas da Igreja do Convento de São Francisco, em Salvador-BA, com cerca de 800kg, e à frente da Matriz Basílica de Nossa Senhora do Pilar de Ouro Preto-MG, com 450kg do metal. Situada em um dos locais mais elevados da cidade, a igreja pode ser vista de quase todos os pontos, como uma espécie de lembrete para indicar a posição de destaque da religião, sobretudo no período colonial.

Também há opção de visitá-la à noite: o Roteiro Narrado conta a história da igreja com jogos de luz e um texto de 16 minutos gravado pelo ator Paulo Goulart às sextas, 19h, e sábados e domingos, às 20h. Às sextas-feiras, a artista Elisa Freixo toca composições clássicas no órgão 19h30, quando não há casamentos.

Diariamente das 09h às 17horas.

Ingresso: $5,00 – Paguei um combo com visitação ao Museu da Liturgia $

Informações e confirmações: (32) 3355 1238

Dica de passeio cultural e relaxante

Igreja de Nossa Senhora do Rosário

A Igreja do Rosário em Tiradentes é um dos melhores exemplares de templos construídos pela Irmandade de Nossa Senhora do Rosário em Minas Gerais e um dos principais bens históricos de Tiradentes.

Assim como as outras, a igreja teria sido construída pelos negros escravos de Tiradentes, porém essa seria a igreja construída por eles e para eles.

Igreja da Santíssima Trindade

E então no alto da colina mais alta da então Vila de São José, que o eremita Antonio José Fraga, plantou sua humilde capelinha dedicadava às três pessoas da Santíssima Trindade. Este ponto escolhido deve estar mais ou menos 1.000 metros de altitude, já que Tiradentes está a 887 metros.

Uma lenda “corre há muito tempo, segundo qual a capela da Santíssima Trindade foi construída por um certo Padre Trindade, que juntamente com mais outros dois, Padre Gaspar e Padre Livramento, saíram andando com as imagens da Santíssima Trindade, Nossa Senhora do Pilar e Nossa Senhora do Livramento, respectivamente.

Quando eles já não agüentavam mais andar pararam e construíram 3 capelas sobre 3 colinas formando um triangulo: Capela da Trindade, Capela de Nossa Senhora do Pilar n,o Padre Gaspar e a Capela do Livramento, hoje, no município de Prados.

Dizem que quando o tempo está bom e o céu limpo o campanário de uma igreja enxerga-se uma das outras. Tem a lenda um fundo de verdade. Quem construiu a igreja foi um misterioso ermitão.

Capela Bom Jesus da Pobreza

Com aparência modesta em relação ao conjunto arquitetônico da cidade, a Capela do Bom Jesus da Pobreza foi construída no período entre 1771 e 1786 marca o Largo das Forras. A igreja tem estilo barroco-rococó, e o interior é marcado pela imagem de um Jesus Cristo agonizante em meio a um altar de madeira com pinturas florais coloridas.

Capela de São Francisco de Paula

Situada no alto do pequeno morro, a Capela de São Francisco de Paula se destaca pela fachada simples com sineira, como é característico de Tiradentes, tendo sido construída em meados do século XVIII.

No interior, o singelo retábulo-mor traz a imagem do santo padroeiro e as de Nossa Senhora do Carmo e Santo Antônio. Nas paredes laterais, estão reproduções de dois ex-votos do século XVIII.

Conta a lenda que chove em Tiradentes toda vez que se tira a imagem de São Francisco de Paula do altar-mor.

A Capela São João Evangelista

A capela de São João Evangelista dos homens pardos teve sua construção por volta 1760, sendo que as obras se delongaram até o século XIX. Na decoração do interior da igreja existem três altares com talha rococó. Nas paredes da capela-mor estão pinturas retratando cenas da vida de São João. Com sua simplicidade, no altar está sepultado o compositor sacro Manoel Dias de Oliveira, um dos mais importantes compositores do século XVIII, natural de Tiradentes. A entrada não é cobrada.

Como planejar a viagem em familia e por cota própria

A Capela Nossa Senhora das Mercês

A Capela de Nossa Senhora das Mercês recepciona os viajantes que chegam ao Centro Histórico de Tiradentes. Localizada no bucólico Largos das Mercês, a igreja do final do século XVIII, sem data específica, construída em estilo barroco/rococó, esconde na fachada simples um interior com belas pinturas atribuídas a Manoel Victor de Jesus. Ao lado da igreja há também um cemitério, onde ainda hoje acontecem sepultamentos.

Chafariz de São José

O local é marcado por uma construção que se assemelha às fachadas das igrejas barrocas. Ao todo, havia três pontos de água: um para o consumo humano, outro para os animais e o terceiro servia para os escravos lavarem roupas. A água chegava ao chafariz através de um pequeno aqueduto com origem no Bosque Mãe d’Água, localizado nos fundos do local.

Museus

A cidade possui três museus: Museu Casa Padre Toledo, Museu da Liturgia e Museu Sant’Ana.

Museu da Liturgia: único que visitmos

Único museu dedicado ao tema na América Latina. O museu apresenta mais de 400 objetos de uso litúrgico e também arte sacra, como pinturas, esculturas, ex-votos, objetos em metal e madeira e vestuário, muitos guardados por décadas dentro de sacristias e abandonados ao tempo.

Além das peças em exposição, o museu conta também com material audiovisual. O casarão onde funciona o museu está localizado na rua mais antiga da cidade, porém já não preserva grande parte das características originais. O ingresso tem custo de R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).

Informações tiradas do Guia Melhores Destinos!

Maria Fumaça

Um dos passeio mais procurados em Tiradentes, o passeio de Maria Fumaça é uma viagem no tempo a margem do Rio das Mortes e com a vista para Serra de São José.

A antiga Estrada de Ferro Oeste de Minas (EFOM), inaugurada em 1881 por Dom Pedro II, abre caminho entre o Cerrado e a Mata Atlântica para levar o turista a um belo passeio pelas serras do complexo de São José. Além das belezas naturais, o passeio também conta com grandes atrações turísticas e culturais como a Rotunda, o incrível giro da locomotiva – realizado de maneira manual, preservando o costume da época da Maria Fumaça – e o Museu Ferroviário.

São 12 km de travessia por uma belíssima diversidade ecológica e paisagens que ainda preservam a arquitetura do século XIX. Tudo isso a bordo da Maria-Fumaça mais antiga em operação no Brasil.

Tarifas

Inteira ida: R$ 70,00 | Inteira ida e volta: R$ 80,00
Meia ida: R$ 35,00 | Meia ida e volta: R$ 40,00

Entrada gratuita para crianças de 0 a 5 anos mediante apresentação de certidão de nascimento.

Meia-entrada (50%) válida para:
– Crianças de 6 à 12 anos mediante apresentação de certidão de nascimento;
– Estudantes mediante apresentação da documentação de escolaridade e identidade com foto;
– Pessoas acima de 60 anos apresentando documento de identidade com foto.

Garante o seu ingresso no Guichê Virtual !

Onde comer em Tiradentes

E pra quem pensa que a culinária de Tiradentes se resume à comida mineira, muito se engana!

Quando o assunto é gastronomia, Tiradentes é referência. Desde restaurantes simples com comida caseira até os mais sofisticados bistrôs!

É lógico que a cidade agrada demais quem gosta de um franguin com quiabo, um tutuzin temperado ou um torresmin crocante.

Mas indo muito além deste mundo das delícias mineiras, nas cozinhas dos restaurantes e bistrôs de Tiradentes são preparados pratos super conceituados da culinária italiana, portuguesa, francesa, nordestina, sulista e até mesmo tailandesa, sabia?

Não conseguimos apreciar toda a gastronomia, mas o pão de queijo esse não poderia faltar. Assim que chegamos fomos conhecer o Paixão de Minas, uma empresa que produz pães de queijo artesanais e oferece uma grande variedade de opções de sabores das mais tradicional receita mineira. Na cafeteria você encontra uma variação de delicias, dentre elas está o hamburguer, paixão nacional feita com pão de queijo!

Aproveite e conheça também a Casa Odara! A junção de marcas mineiras e autorais. Com moda, decoração e acessórios!

Confira mais um pouco do Paixão de Minas!

Para almoço experimentamos o Restaurante Delícias de Tiradentes, comida típica mineira a la carte, pagamos $31,90 sem balança podendo comer a vontade. Uma comida deliciosa e com variedades. O espaço é amplo e aconchegante.

Conheça mais o Restaurante Delícias de Tiradentes.

Outro lugar que adoramos é o Sabor Imperial, lá você encontra pizzas, porções, lanches, esfihas e um chopp geladinho! Mas já deixo a dica, tudo é delicioso, porém a esfiha ganhou meu coração, é maravilhosa! Eles só não funcionam na quarta.

Conheça mais o Sabor Imperial!

Onde se hospedar em Tiradentes MG

Por ser uma cidade turística Tiradentes MG tem muitas opções de hospedagem, desde as pousadas simples até hotéis mega luxuosos.

Pra escolher um lugar legal pra ficar, um dos critérios pode ser a distância do centro histórico.

Se você preferir não se descolar de carro toda vez que quiser sair da pousada, a melhor pedida é ficar próximo ao centro e fazer tudo à pé. O que eu acho muito mais válido, assim você consegue apreciar melhor cada detalhe da linda Tiradentes!

Em Tiradentes o número de pousadas acredito que seja maior até mesmo que os de residência. A cidade gira em torno do turismo, então pousadas é o que mais se tem.

Minha indicação vai para a Pousada Sobradinho! Fica bem próxima do centro histórico com apenas 300 metros de distância, possui uma vista linda da serra. Seu custo benefício é excelente! Na diária está incluso o café da manhã, que por sinal é delicioso!

Tiradentes
Tiradentes

Ou se preferir confira suas redes socias Pousada Sobradinho!

A segunda opção é a Pousada Recanto das Abelhas, que está a 400m do centro histórico, e também está próximo de dois pontos turísticos, a Estação Ferroviária e o Largo das Forras! Na diária tamém está incluso o café da manhã.

Tiradentes MG: conheça um pouco mais desta cidade charmosa!

Anote: Dicas útéis

  1. Aposte nos calçados confortávei, esqueça o salto alto! As ruas do centro de Tiradentes são todas de paralelepípedo, e para a visitação a todos os pontos turísticos você vai andar bastante.
  2. Não deixe para fazer suas reservas em cima da hora, principalmente em épocas de feriado e datas festivas na cidade. Mesmo com uma quantidade significativa de hospedagem, sempre ficam lotadas rápido.
  3. Se for com criança, procure conversar antes, como é a cidade, o que aconteceu por lá, de uma forma leve. Assim ela já sabera identificar. A cidade é muito gostosa e vale sim estar com os pequenos.

Espero que vocês tenham gostado. E se você já foi a Tiradentes e tem algo a indicar, deixe seu comentário! Aproveite para seguir nossas redes sociais. No instagram você me acompanha na real, o dia a dia, e com muitas dicas!

Posts Relacionados
Comente nossa postagem!

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais