Salto de Desenvolvimento: Entenda o que é

 

salto de desenvolvimento

Salto de Desenvolvimento: Entenda o que é

Passei uma fase bem cansativa com a Laura, as famosas crises. Elas tornam a criança enjoada, chorosa, noites mal dormidas, enfim afetando a família e toda rotina.
 
Conversando com outras mamães, tenho observado que também passam por isso e possuem dúvidas, porque quando o comportamento da criança muda, logo pensamos, o que será?
 
Então vamos falar um pouquinho sobre o que é, como identificar e ajudar nossas crianças neste período chamado Saltos de Desenvolvimento.

Receitinhas de suco e papinhas salgadas e doces!

O que é Salto de Desenvolvimento?

O Salto de Desenvolvimento é quando o bebê está desenvolvendo uma nova habilidade, como sorrir, engatinhar, andar.
Essas mudanças trazem uma insegurança, pois são sensações e sentimentos desconhecidos. Assim, o mundo novamente se torna um lugar estranho, fazendo com que o bebê tenha a necessidade de voltar a ter segurança, ou seja, voltar para o “colinho da mamãe”!
 
Esse é o motivo dos bebês ficarem tão carentes, chorando para tudo, mamam mais ou menos e acordam várias vezes na noite.
 
Há alguns períodos de desenvolvimento acelerado e outros onde há uma desaceleração.
 
O que pode acontecer é acordar a cada ciclo de sono para treinar as novas habilidades que estão adquirindo, e nesse despertar é que os bebês precisam dos pais para voltar a dormir, o que afeta diretamente a qualidade do nosso sono.

+O que é Enurese Noturna?

+Regressão do sono: saiba o que é e quando ocorrem

Salto de Desenvolvimento, quando ocorrem?

Podem ocorrer entre uma a seis semanas. Depende de cada criança. Abaixo tabela com períodos aproximados que podem ocorrer os saltos:
 
Salto de Desenvolvimento

Quanto tempo dura esse processo?

Com mais frequência no primeiro ano do bebê, porém se estende até a adolescência.
 
Como podemos identificar?
 
Geralmente os bebês agem da mesma forma, o que pode acontecer é uns serem mais outros menos.
  • Ficam  mais carente e precisar de colo e segurança maternal; aconchego de mãe;
  • Se alimenta menos (comer ou mamar);
  • Chora durante a noite, sem explicação, voltando a dormi apenas com a presença dos pais;
  • Recusa o colo de outras pessoas, apenas querendo o da mãe;
  • Começa a fazer coisas que não fazia, como rir, sentar, engatinhar, interagir;
  • Demonstre felicidade ao final da crise, com o desenvolvimento adquirido.

O que podemos fazer para ajudar?

Nessas fases, é preciso ter de paciência e empatia com o bebê, pois depois desse processo de aquisição de novas habilidades, ele dará um salto no seu desenvolvimento e demonstrará felicidade com o final da ‘crise’.

Tudo isso é apenas uma fase muito importante para o desenvolvimento da criança, é passageiro, e em breve voltará ao normal.

Não se esquecendo que cada bebê se desenvolve e cresce em ritmos diferentes.
Muito amor, colo e carinho, independente da fase que o bebê esteja é sempre essencial na sua criação.

“Aproveite o tempo que estão juntos para criar uma relação afetiva saudável e cheia de vínculos fortes, pois é algo que ficará e definirá a relação de vocês para a vida toda.”

Salto de Desenvolvimento

Fonte: Guia do Bebê

Para saber sobre Picos de Crescimento, clique aqui

Posts Relacionados
8 Comentários
  1. Blog Vamos Mamães Disse:

    Passei por essa fase com o Gabriel e não entendia muito bem Na com certeza vai ajudar muitas mamães. Temos que ter muita paciência.

  2. Regina Dias Disse:

    Ótimas informações! Aqui observo muita mudança de comportamento até mesmo na minha mais velha (10 anos), o emocional, hormonal, tudo influencia, difícil é saber o que é exatamente e como ajudar… Na duvida muito amor!

  3. Amor e Maternidade Disse:

    Nossa Chris, e coloca paciência! São muitos detalhes precisamos ficar sempre atentos a tudo.

    Bjus
    May

  4. Amor e Maternidade Disse:

    Isso ai Talita, disse tudo!
    Bjus

  5. Amor e Maternidade Disse:

    É verdade!
    Gosto bastante, ainda mais passando por ele.

    Bjus
    May

  6. Chris Ferreira Disse:

    Muito bom o post. É sempre bom termos esclarecimentos para entender melhor o que acontece com os nossos bebês.
    É bom saber que todos passam por isso.
    A informação e a compreensão do que está ocorrendo ajudam a termos mais paciência. E Paciência é sempre fundamental nessas fases.
    Beijos
    Chris

  7. Talita Rodrigues Nunes Disse:

    Entender e identificar esses momentos é super importante para ajudar a passar por eles. Precisa paciência e amor!

  8. Bossa Mãe Disse:

    Quando percebemos essas fases fica mais fácil lidar e, principalmente, não implementar maus hábitos na rotina. Adoro esse assunto!

Comente nossa postagem!

Seu endereço de email não será publicado.