Mentiras: Como lidar com filhos que mentem?

Mentiras: Como lidar com filhos que mentem?

Você provavelmente já ouviu alguém falar que “criança não mente”, “criança não conta mentiras, só diz a verdade”. Essas frases, referem-se à sinceridade das crianças, que quase sempre é despida de pudor ou receio. Mas quem é pai ou mãe sabe muito bem que, vez ou outra, as crianças mentem sim

Birra Infantil: Causas e como evitá-las

Vamos admitir, em algum momento da vida já precisamos mentir, seja para ser educado, para evitar constrangimento ou até mesmo para preservar a intimidade. Com as crianças isso também acontece, há inúmeros motivos que levam os pequenos a contar mentiras. 

Contudo, o comportamento da criança que mente muito deve ser avaliado e corrigido. Afinal, mentiras não são práticas que você pretende ensinar para seus filhos. Por isso, neste artigo preparei um guia completo sobre como lidar com filhos que mentem

Por que as crianças mentem?

Será que as crianças têm as mesmas motivações que os adultos quando contam mentiras? Antes de tentar entender porque as crianças mentem, é necessário compreender para que serve uma mentira. 

A mentira pode ser contada para não decepcionar uma pessoa, para conseguir algo, para chamar a atenção de alguém, impressionar uma pessoa, fugir de responsabilidades, evitar castigo ou julgamento, entre outras situações. Em todos os casos, as mentiras servem para esconder algo que causa constrangimento, medo, angústia, frustração ou outro sentimento que a pessoa não deseja expor. 

No caso das crianças, as mentiras possuem as mesmas motivações, porém, com circunstâncias diferentes. Por exemplo, crianças muito pequenas podem mentir por não entender a diferença entre imaginação e realidade. Sendo assim, algo fundamental para compreender a mentira na infância é avaliar se a mentira foi intencional. 

Como lidar com a adolescência dos filhos

Sendo assim, podemos concluir que a criança mente, principalmente, pelos seguintes motivos:

  • Chamar a atenção dos pais, irmãos ou outra pessoa;
  • Medo das consequências por ter feito algo errado;
  • Não decepcionar os pais ou outra pessoa com uma verdade dolorosa;
  • Impressionar alguém com informações falsas;
  • Evitar o castigo após ter feito algo errado;
  • Conseguir algo que querem muito;
  • Má interpretação do que foi perguntado à criança;
  • Não diferenciar a imaginação da realidade;
  • Esconder sentimentos como frustrações e angústias;
  • Imitar o comportamento dos pais, irmãos e outras pessoas.

Quando os filhos começam a mentir?

Geralmente, as mentiras na infância começam aos dois anos de idade. Nessa idade, algumas crianças ainda não falam, mas conseguem mentir ao apontar para pessoas e objetos. Quando desenvolvem a fala, as mentiras podem se intensificar ou ter uma gravidade maior devido à facilidade em se comunicar. 

É normal a criança contar mentiras?

De acordo com estudos sobre desenvolvimento infantil, é perfeitamente normal que a criança conte mentiras. Há, inclusive, dados que apontam que o feto é capaz de “enganar” o corpo da mãe ao produzir hormônios específicos nos últimos 3 meses de gestação, fazendo com que o corpo materno acredite que aqueles hormônios foram produzidos por ela. Claro que essa situação não é intencional, mas sim uma questão de sobrevivência.

Contudo, vários estudos mostram que as crianças aprendem a mentir desde muito cedo e esse comportamento fica mais intenso entre os 2 e 9 anos de idade. Embora seja algo normal, isso não significa que os pais não devem corrigir esse comportamento. 

Como lidar com filhos que mentem?

Sabendo que é normal que as crianças contem mentiras, mas que isso deve ser corrigido, você pode estar se perguntando como lidar com a mentira infantil. Por isso, separei algumas dicas importantes para lidar com filhos que mentem. Confira quais são elas:

  1. Seja o exemplo em sua casa: não adianta cobrar das crianças aquilo que você não faz. Então se você quer crianças que não mentem, seja o exemplo para elas. Lembre-se sempre que as crianças aprendem observando. Logo, se você é um exemplo de pessoa mentirosa terá filhos que mentem. 
  2. Mantenha a calma o tempo todo: quando você sabe que a criança está mentindo, é comum que perca a paciência e queira brigar. Contudo, você deve se controlar, pois quando a criança se sente intimidada tem mais dificuldade para admitir que mentiu ou fez algo errado.
  3. Converse sobre as consequências de mentir: a criança só entenderá que é errado mentir quando perceber que há consequências em fazer isso. Sendo assim, tenha uma conversa franca com a criança, dizendo que as mentiras quebram a confiança, que deixam o outro triste e inseguro.
  4. Não aplique punições por causa de mentiras: se a criança sabe que ao contar mentiras ela terá determinada punição, ela pode chegar à conclusão de que mentir vale a pena, considerando que ela pode suportar o castigo. 
  5. Saiba ouvir verdades: se você não quer filhos que mentem, é bom aprender a lidar com a sinceridade das crianças. Isso significa que você deve estar preparado para ouvir verdades, mesmo que elas não sejam boas. É importante que a criança se sinta confortável para falar o que quiser, sem precisar contar mentiras. 
  6. Permita que a criança corrija o erro: dê a oportunidade para que a criança possa reconhecer sua mentira, dizer a verdade e amadurecer seu emocional.

Como saber se seu filho está contando mentiras?

Para saber como lidar com a criança que mente, como lidar com crianças que contam mentiras e ensinar a importância de dizer a verdade, é necessário identificar se a criança está mentindo. Afinal, nem sempre é fácil perceber que trata-se de uma mentira. 

Qual a importância de olhar nos olhos das crianças

Existem alguns sinais que permitem identificar se a criança está mentindo. Mas saiba que a forma mais fácil de saber se a criança está mentindo é observando o comportamento dela. Afinal, você como pai ou mãe sabe muito bem como seus filhos agem normalmente. Se houver uma mudança repentina no comportamento, é possível que estejam mentindo. 

Veja a seguir alguns sinais que podem indicar mentiras:

  • A criança evita o contato visual, olha para o chão, para os lados e desvia o olhar;
  • Ela tenta ganhar tempo ao inventar uma resposta repetindo a sua pergunta ou parte do que você disse;
  • Há inconsistências na resposta da criança;
  • A criança toca no cabelo, nas orelhas, nariz ou outra parte do rosto enquanto conta a mentira;
  • Ela tem comportamento defensivo, diz que você não acredita nela e chora antes de levar uma bronca;
  • Faz gestos incomuns, como colocar as mãos na cintura, balançar as pernas, braços levantados, entre outros;
  • Piscar demais ou ficar com os olhos esbugalhados podem indicar mentiras;
  • Inquietação também pode ser um sinal de que a criança está mentindo;
  • A criança demora muito para contar aquilo que você perguntou, dá detalhes demais;
  • Há mudança no tom da voz ou na velocidade da fala.

Esses são os sinais de que a criança está contando mentiras e as dicas de como lidar com filhos que mentem. Conte nos comentários sua experiência com esse tema. 

Posts Relacionados
2 Comentários
  1. Maria socorro mendonca Disse:

    Eu tenho 1casal de filhos e estou enfrentando sérios problemas com relação a desobediência e a falta de respeito.

    1. Mayara Figueredo Disse:

      Te convido para conhecer e se aprofundar mais, confira mais assunto bacana neste post: https://amorematernidade.com.br/disciplina-positiva/

Comente nossa postagem!

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais