Olá, famílias tudo bem!

Hoje vivemos em um momento de transição no que diz respeito à educação. Estamos mudando do estilo autoritário centrado na razão adulta para um estilo educacional mais democrático e centrado na criança, onde suas necessidades, liberdades e motivações são levadas em conta.

Educar é uma das tarefas mais difíceis que podemos enfrentar. Se somarmos a este debate entre educação ao longo da vida e apoio com base no desenvolvimento da criança, encontraremos muitos pais que se sentem perdidos.

melhores pais

Oito chaves para educar as crianças

Quando as crianças nascem, não possuem nenhum livro de instruções explicando como devemos proceder, então a única coisa que temos que fazer é educar nossos filhos da melhor maneira, e para isso, não há fórmulas mágicas, já que cada criança é um mundo, mas há alguns pontos chaves que podemos manipular. Confira:

1. Seja um exemplo

Crianças e jovens tende a imitar todos os comportamentos, bons e maus de adultos. Observar as ações dos pais e dos adultos em seu ambiente é como eles aprendem comportamentos e valores éticos. Para ser um exemplo de crianças, nós pais devemos estar cientes de que somos honestos e capazes de fazer o mesmo que pedem nossos filhos. Dos costumes do dia a dia devem os ensinar aspectos como o respeito às regras, fazendo com que os pequenos adquiram os hábitos corretos.

2. Ajude-os a administrar seus sentimentos

Nós pais pensamos que apenas nós adultos sentimos perturbados e que as crianças vivem felizes o dia todo. Mas eles também têm preocupações. O mundo emocional das crianças é igual ou mais complexo que o dos adultos. Portanto, é importante ensinarmos que todos os sentimentos devem ser considerados e podem ser válidos, mas que a reação que provocam nem sempre é apropriada. Isto é, ensine seus filhos a colocar seu nome e sobrenome no que sentem.

3. Tenha diálogo 

A comunicação deve ser a base da educação. As palavras, os gestos, os olhares e as expressões servem para expressar sentimentos e estabelecer a relação de apego com os filhos. É importante ter interesse em suas coisas e falar sobre o que elas consideram importante. Conte histórias, fale sobre coisas como: o que você aprendeu na escola, o que você fez durante o dia, se você ajudou alguém.

4. Seja carinhoso 

As crianças aprendem a ser gentis e amáveis ​​com os outros quando são tratadas dessa maneira. Quando se sentem amados, são mais receptivos quando se trata de aprender valores e ensinamentos. Para isso, é necessário que as necessidades físicas e emocionais das crianças sejam atendidas, proporcionando-lhes um ambiente familiar estável e seguro.

melhores pais

5. Definir limites sem ameaças 

Estabelecer regras e limites claros para as crianças que sejam coerentes e que sejam acompanhados de explicações lógicas. Explique às crianças que esses padrões se baseiam na preocupação pelo bem-estar deles.

Leia também

Birras: Causas e como evitá-las

Adaptação Escolar: 10 passos para adaptar o bebê à creche

6. Ensine-os a respeitar

As crianças devem saber que suas ações têm impacto sobre os outros e também precisam reconhecer a vulnerabilidade dos outros. Ou seja, saber decifrar os sentimentos daqueles que têm problemas: outras crianças que se sentem sozinhas, outras crianças que estão sofrendo abusos. E tente empatizar e ajudar ao invés de desqualificar. Portanto, o direito deve estar acima dos desejos individuais de cada pessoa. Precisamos ensiná-los a buscar a felicidade através da bondade e se sentir bem fazendo outras pessoas felizes

7. Não compare

Quando se trata de educar, é importante eliminar todos os tipos de comparações e generalizações. Frases como: “Se você fosse como seu irmão …”, “você sempre faz o que você quer …” Eles não fazem bem.

8. Não à superproteção 

A melhor maneira de as crianças explorarem o mundo é permitir que elas vivenciem as coisas mesmo que estejam erradas. Se eles estão errados, devemos cuidar fisicamente e emocionalmente.

melhores pais

Espero que tenham gostado. Caso tenha alguma dúvida sobre o tema ou sugestão, deixe seu comentário. Ou caso queira divida sua experiência comigo!

Abraços, Mayara Figueredo!

3 Comentários

  1. Pingback: Dia das Mães: 26 idéias cheia de amor para surpreende-lá!

  2. Pingback: Saiba como perguntar aos seus filhos: "Então como foi a escola hoje?"

  3. Leandro Figueredo Resposta

    Ótimo post!!!
    Devemos ser exemplos em todos os sentidos, até quando estamos apresentando o mundo para eles.
    Ser exemplo e participação.

Deixe seu comentário

Pin It
error: Content is protected !!