Qual a importância da empatia para as crianças

Empatia
Empatia

Empatia é a capacidade de perceber e ouvir o outro, entendendo o que ele está sentindo, a fim de conectar-se com seus sentimentos e perspectivas. Em um mundo cada vez mais globalizado, diverso e desafiador, para ser possível conviver é preciso desenvolver certas habilidades como criatividade, empatia, capacidade de trabalhar em equipe e protagonismo social. Afinal, com as constantes transformações, é preciso ser adaptável e resiliente ao que acontece.

Sendo assim, é fato que quanto mais cedo essas questões forem trabalhadas melhor será. Afinal, é muito comum hoje em dia, vermos crianças e adolescentes focados em seus interesses imediatos, sem qualquer preocupação sobre como suas ações afetam os que estão a sua volta. Como resultado, se tornarão adultos sem limites, egoístas e que em vez de melhorar, irão prejudicar toda a sociedade de alguma maneira.

Portanto, no post de hoje vamos falar justamente sobre qual a importância da empatia para as crianças e como é possível trabalhar e desenvolvê-la.

Mentiras: Veja 6 dicas de como lidar com filhos que mentem!

O que é empatia?

Muito se fala sobre empatia, mas é fato que nem todos sabem exatamente o que ela é. Por isso, conhecer seu significado e entender quais são os impactos que ela promove é fundamental para tornar-se capaz de ensinar às crianças.

Sendo assim, a empatia nada mais é do que a capacidade de se colocar no lugar do outro. Esse é um conceito relativamente amplo, e a empatia ainda vai além, pois significa também estar pronto para ajudar o outro com respeito e de maneira segura.

Mas, para isso, é essencial desenvolver diversas competências socioemocionais, como habilidades de comunicação, autonomia, compreensão social, entender as diferenças, entre outros.

Qual a importância de ensinar a empatia para as crianças?

Empatia
Empatia

A empatia fortalece e estimula a construção de relacionamentos saudáveis, seja com a família, colegas ou professores. Ao mesmo tempo que você amplia a vida social da criança, ela ainda aprende a diferenciar os tipos de relacionamento e quais podem promover impactos positivos em sua vida e quais podem afetar sua qualidade de vida negativamente. Inclusive, essa habilidade será utilizada pelo resto de sua vida!

Além disso, por aumentar a autoconfiança e diminuir as crenças limitantes em relação ao potencial de aprendizagem das crianças, ela ainda ajuda na consolidação de seu aprendizado e educação. Isso porque, ela não estimula apenas compreensão e respeito das dificuldades dos outros, mas também de si mesmo. Com isso, os pequenos se tornam mais confiantes, desenvolvem habilidades para ajudar os outros e assim contribuem para uma sociedade melhor em diferentes âmbitos.

Como trabalhar a empatia com seu pequeno?

Como falamos, ensinar a empatia com a criança é muito mais fácil, visto que ela está em uma fase propícia para compreender o funcionamento do mundo e as relações interpessoais. Veja agora algumas estratégias:

Simule situações de conflito

É fato que conflitos acontecem todos os dias e utilizá-los a seu favor pode ser uma das melhores maneiras para ensinar sobre empatia. Aqui, você pode apostar em brincadeiras lúdicas e que simulem acontecimentos estressantes, reconhecendo junto com a criança quais as atitudes adequadas para lidar com a situação. Seja por meio de histórias, brinquedos educativos, teatro, desenhos ou criação de personagens, é essencial reforçar a ação quando o pequeno apresentar uma fala ou comportamento empático.

Converse sobre os sentimentos da criança

Empatia
Empatia

Da mesma forma que os adultos, as crianças também sentem dificuldade em lidar com determinadas emoções e pensamentos, desenvolvendo até mesmo comportamentos impulsivos e agressivos, por não serem capazes de compreender e expressar o que estão sentindo.

Então, separe um tempo para conversar com o pequeno sobre o que ele está sentindo, ensinando que ele deve respeitar suas emoções desde que não prejudique o outro.

Ensine pelo exemplo

O exemplo é uma das principais maneiras de aprendizado dos pequenos, visto que os adultos são seus heróis. Sendo assim, seja empático em seu ambiente familiar e em outros espaços ocupados, ensinando pelo exemplo o respeito e a importância de ajudar o outro.

Contudo, sabemos que essa pode não ser uma tarefa fácil, visto que raramente é possível manter a estabilidade emocional em todos os momentos. Então respeite seu tempo e aproveite para conversar mais com o pequeno para que ele também aprenda sobre suas emoções.

Estimule o convívio social

A socialização é muito importante para o desenvolvimento das crianças, visto que oferecem outras competências, como facilidade de comunicação, respeito ao próximo, empatia e também a construção de vínculos saudáveis com outros indivíduos. Além disso, as crianças podem ser um tanto quanto egoístas e perceber que o mundo não gira a seu redor é uma maneira de aprender a respeitar as necessidades do outro.

Então, como você viu, a empatia é capaz de promover diversos benefícios, tanto para o desenvolvimento da criança, quanto para a sociedade. Com as dicas de hoje você já pode começar a trabalhar essa competência e assim garantir que seu pequeno se torne uma pessoa cada vez melhor.  

Posts Relacionados

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia Mais