fbpx

 

A primeira recomendação que a mulher recebe ao tomar conhecimento da gestação, é iniciar o pré-natal. O que pouco se fala, mas é tão importante quanto, é consultar também um dermatologista, uma vez que, por conta de todas as alterações do organismo e hormônios, a pele da grávida necessita de cuidados especiais. A dermatologista Alessandra Toledo compartilha alguns pontos que merecem atenção no decorrer dos nove meses.

a gestação

Pele Hidratada

O principal deles é se manter hidratada – seja ingerindo bastante líquidos, seja através do uso de cremes e óleos. Na gestação, é mais comum que a pele resseque, mas muitas mulheres também acabam sofrendo com o excesso de oleosidade, que tende a ocasionar cravos e espinhas.

Se realizada por um profissional capacitado, a limpeza de pele é uma ótima aliada no combate a esses e outros incômodos no rosto e pode ser realizada em qualquer fase da gravidez.

Por outro lado, a pele ressecada, o aumento de peso e distensão da pele contribuem para o surgimento das tão temidas estrias. Fatores genéticos também favorecem ou não seu surgimento.

Pós-parto, existem diversos tratamentos que podem ser realizados para seu tratamento. Contudo, durante a gestação o ideal é usar óleos e cremes hidratantes mesmo. Quanto mais recentes as estrias, mais fáceis são de tratar. O dermatologista pode indicar quais os melhores tratamentos a serem feitos após o nascimento do bebê, bem como os produtos indicados para cada tipo de pele das gestantes.

O aumento de peso pode contribuir ainda para uma piora da celulite. Novamente, a ingestão de líquidos e uma alimentação rica em fibras são boas pedidas para sua prevenção. Porém, a drenagem linfática também é uma alternativa e deve ser realizada por um profissional qualificado, tanto semanalmente como quinzenalmente, durante toda a gravidez. O procedimento auxilia ainda a diminuir os inchaços ocasionados pela retenção de líquidos.

Outro item essencial das gestantes é o protetor solar. Na gravidez, é comum que apareçam manchas no rosto, as melasmas (que surgem para proteger a pele dos raios ultravioleta, da luz visível e do infravermelho). O nome pode assustar, mas tem tratamento. Podem ser procedimentos estéticos ou mesmo por via oral, com medicamentos que equilibram os hormônios.

Todas essas alterações na pele tendem a passar e se estabilizar até poucos meses depois do parto, mas se forem cuidadas no decorrer da gestação, podem diminuir ou mesmo serem evitadas na própria gravidez.

Queda de cabelo

Algumas mulheres sofrem também com a queda dos cabelos. Neste caso, isso é mais comum acontecer após o nascimento do bebê. Todavia, em certos casos, ocorre durante sua espera. Como muitos procedimentos devem ser evitados nesse período – como alisamentos, permanentes e outras químicas fortes – o indicado é lavar as madeixas com produtos específicos, evitar prender os fios e fazer hidratações semanais.

Identificação do produto

Por último, mas não menos importante, está o cuidado ao rótulo de todos os produtos usados na pele – mesmo que já sejam usados pela mulher antes da gestação, uma vez que até mesmo maquiagens e cremes aparentemente inofensivos podem conter ingredientes nocivos ao desenvolvimento do bebê.

Compartilhando com o dermatologista sua rotina de cuidados com a pele e cabelos pré-gestação, o médico poderá avaliar quais produtos podem seguir sendo utilizados e quais devem ser deixados de lado propondo substituições eficazes.

Para mais informações sobre a Dra. Alessandra Toledo, acesse: http://www.alessandratoledo.com.br/

Fiquem atentas as dicas mamães e se cuidem, hidratação da pele é muito importante a gestação!

Abraços, Mayara Figueredo!

Autor

Sou Mayara Figueredo, tenho 34 anos. Mãe em tempo integral, esposa e administradora do lar!  Venha compartilhar seus momentos e experiências na maternidade comigo. Sejam bem vindos!

5 Comentários

  1. Todas dicas são maravilhosas, mas essa de atenção aosnrotulos e imprescindível ficar atenta , na dúvida só usava produto específico.

  2. Lembro-me que a primeira coisa que comprei na gravidez foi um creme anti estrias hehehe mas ainda assim acho que o que me livrou de fato das estrias foi a quantidade de água que ingeri durante a gestação!

  3. Leandro Figueredo Resposta

    Importante informação!
    Todo o cuidado é importantíssimo durante a gestação do bebê.

Deixe seu comentário

Pin It
Traduzir
error: Content is protected !!