Quando você já tem um filho e descobre que está grávida , sabe muito bem o que isso representa em sua vida, mas o que a maioria das mães não percebe é realmente o que um irmão representará para a vida do primogênito da família.

Talvez quando você era pequeno, você tenha vivido uma situação semelhante, mas certamente não se lembrará. Eu, não me lembro, até porque sou a segunda.

Como preparar seu filho para a chegada de um irmãozinho

As crianças devem estar preparadas para tudo

As crianças devem estar preparadas para tudo. Eu acredito que o diálogo pode ser feito, além de resolver muitas situações difíceis ou complicadas na vida. Nada como uma boa conversa para explicar ao primogênito que a família terá um novo membro .

Como preparar seu filho para a chegada de um irmãozinho

Como preparar seu filho para a chegada de um irmãozinho

  • Dê alegremente as boas vindas e informe a criança que, em breve, ele terá um irmãozinho

O tom, bem como a forma de fazê-lo, dependerá muito da idade do seu filho. Se for muito pequeno, é melhor dizer a ele que sua barriga crescerá porque um irmãozinho está crescendo. Crianças mais velhas, já capazes de entender muitas coisas, é melhor envolvê-las e convencê-las das muitas vantagens de ter um irmão.

  • Incentive a criança a colaborar

Peça-lhe para cantar ou falar com seu irmão que ainda está dentro de sua barriga, para que o bebê conheça sua voz e seu gosto. Além disso, faça dele um participante no crescimento do feto. Mostre-lhe a foto (ultra-som) de seu irmãozinho, peça sua ajuda para escolher o nome do bebê , compre suas roupas ou decore seu quarto . Também é aconselhável orientar seu filho a comprar um presente para seu irmão mais novo.

  • O  ciúme é inevitável

Pode ser aliviado transmitindo ainda mais afeto e segurança ao primogênito. Ele procura sua vida para seguir o mesmo de sempre. Mantenha o hábito de acompanhá-lo ao parque, contando-lhe histórias e, por nenhuma razão, recriminá-lo quando ele tiver um “ataque” de ciúmes. Não se esqueça que a chegada de um irmão é uma mudança difícil para ele e que o bebê que você espera virá para adicionar e não para subtrair.

Luiz Miguel era o primogênito, e com a vinda da Laura, mesmo sendo desejada, teve ciúmes e ainda tem as vezes, mesmo não sendo demonstrado, mas em pequenas atitudes vemos que ele está presente. Porém, ele é um menino muito carinhoso e está sabendo lidar muito bem com a situação. Como preparar seu filho para a chegada de um irmãozinho

Leia também:

Desenvolvimento Infantil: um passo de cada vez

Como educar sem gritar?

Qual a importância de olhar nos olhos das crianças

Abraços, Mayara Figueredo!

 

3 Comentários

  1. Eu também sou o do meio! E meu filho que um irmão, eu tbm quero mais um filho, mas estamos segurando a barra pra quando estivermos um pouco mais estruturados ^^

  2. Ótimo post!!!! Realmente é um momento quectem que ser muito bem trabalhado com toda a família, a chegada de um segundo ou mais filhos… pois a criança muitas vezes é apenas informada que vai ganhar um amigão e quando ele vê um bebê que não faz quase nada a não ser “roubar” a atenção De todos. .. e até nós mães precisamos entender que não seremos nunca supwr mães e que será difícil ter que noa dividir entre todos os filhos.

Deixe seu comentário

Pin It
error: Content is protected !!