Vigilância dos Pais: como dosar o que o filho precisa e o que pode ser exagero

aplicativo para vigiar os filhos

São muitos os pais que se perguntam como vigiar os filhos. Com o uso massivo da internet por jovens, essa preocupação passou também para o ambiente virtual. No entanto, é certo fazer essa vigilância?

Ainda que seja normal que os pais desejem proteger seus filhos dos riscos que a internet e o mundo real oferecem, muitos não consideram a privacidade dos filhos. E isso pode gerar muitos conflitos no interior da família.

Com o intuito de falar mais sobre esse assunto, explicamos como monitorar os filhos na internet e fora dela sem exageros. Indicamos também alguns dispositivos e aplicativos para vigiar filhos. Confira!

Melhores Pais: 8 chaves para educar as crianças

Os 4 passos para tornar as crianças mais felizes

Como vigiar os filhos: a importância do diálogo entre pais e filhos

Atualmente, uma série de dispositivos tecnológicos permite que os pais façam o monitoramento dos filhos.

Há ainda programas e aplicativos que possibilitam a vigilância dos pais também em ambientes digitais.

Contudo, haveria limite na utilização dessas tecnologias pelos pais? Até que ponto elas podem ser utilizadas sem impedir a liberdade dos filhos?

Antes de qualquer coisa, a resposta a esses questionamentos passa pela compreensão da importância de uma boa relação entre pais e filhos.

De fato, uma relação baseada na confiança e no diálogo permite que os pais se sintam mais tranquilos em relação ao comportamento dos filhos.

Isso porque, nesses casos, a comunicação entre ambos permite que os pais saibam das preocupações e ânsias que afetam as crianças e jovens.

Realmente, os filhos se sentem mais à vontade para expressar aquilo que sentem quando seus pais estão mais inclinados a ouvi-los.

Ao contrário, muitas vezes, o uso de aplicativos para monitorar o WhatsApp dos filhos e outras redes sociais é motivado pela distância e pela falta de diálogo.

Em outras palavras, podemos afirmar que o diálogo e as relações de afeto devem preceder o uso das tecnologias. As relações entre pais e filhos devem ser construídas sobre a confiança e o respeito mútuo.

Ainda assim, é necessário reconhecer a importância do uso das tecnologias quando o assunto é saber como vigiar os filhos.

Quando utilizadas de maneira adequada, essas tecnologias podem evitar muitos transtornos e ajudar a manter as crianças e adolescentes em segurança. A seguir, apresentamos algumas delas.

Gostar de ler: confira 7 passos para ensinar seu filho

Saiba como perguntar aos seus filhos: “Então como foi a escola hoje?”

Como vigiar os filhos: utilizando as tecnologias para monitorar crianças e jovens

Pulseiras para monitoramento

Uma forma bastante eficaz de monitoramento dos filhos são as pulseiras com tecnologia GPS.

Esse equipamento é muito indicado para crianças pequenas, de até cinco anos de idade. Ele pode ser utilizado para evitar que crianças nessa faixa etária se percam em locais com grande circulação de pessoas.

Como monitorar o WhatsApp dos filhos com o WT Software

Até uma certa idade, é aconselhado que as mensagens no WhatsApp sejam monitoradas pelos pais.

O WT Software funciona como um espião do WhatsApp, permitindo um maior controle dos pais.

Como vigiar os filhos com Family Link

No que diz respeito aos meios digitais, um dos aplicativos que permitem vigiar os filhos na internet é o Family Link.

Com ele, os pais podem ser avisados todas as vezes que os filhos acessarem a internet. O aplicativo permite também o gerenciamento dos aplicativos que podem ser baixados no Google Play, entre outras funções.

Aprendendo a como vigiar os filhos sem excessos

Assim, podemos concluir que, tão importante quanto monitorar os filhos, é manter uma relação baseada na confiança.

Afora isso, mostramos que saber como vigiar os filhos não necessariamente implica em assumir a postura do “pai detetive”. Trata-se, antes, de uma forma de garantir a segurança dos filhos.

E você, conhece outra forma de se fazer o monitoramento das atividades dos filhos sem parecer invasivo demais? Comente!

aplicativo para vigiar os filhos
Posts Relacionados

Comente nossa postagem!

Seu endereço de email não será publicado.