fbpx

Saiba quais são as vacinas para crianças por idade

vacinas para crianças

As vacinas para crianças começam desde a maternidade quando o bebê nasce e já recebe a primeira dose da Hepatite B e a dose única da BCG. Durante os primeiros 4 anos da criança, as vacinas são constantes e exigem um maior controle da caderneta de vacinação para que tudo esteja em dia. 

Segundo o Calendário Nacional de Vacinação do Ministério da Saúde, atualizado pela última vez em 2020, há 18 vacinas consideradas obrigatórias em algumas circunstâncias. Até os 4 anos de vida, pelo menos 14 dessas vacinas devem ser aplicadas na criança. 

O momento de levar a criança para tomar as vacinas é de doer o coração para pais e mães. Mas sabemos que é algo necessário e que auxiliará na saúde dos pequenos. Sendo assim, neste artigo reuni quais são as vacinas para crianças de acordo com a idade. Confira a seguir quais são elas!

 Vacinação dos filhos: 7 motivos importantes para os pais pensarem

Qual a importância da vacinação?

Quando o bebê nasce, ele vem ao mundo sem nenhum tipo de proteção para viver em contato com agentes infecciosos como vírus, bactérias e fungos. Mesmo que o bebê ainda tenha pouco contato com o ambiente externo, os agentes infecciosos estão presentes em todos os ambientes. Para uma criança sem imunidade adequada, a presença desses agentes infecciosos resultam em problemas de saúde que podem, inclusive, levar a complicações graves. 

É por isso que as vacinas existem, elas permitem desenvolver a imunidade necessária na criança, adulto e idoso, sem que a pessoa esteja com a doença. Dessa forma, quando houver contato com algum agente infeccioso, já haverá imunidade desenvolvida no organismo. 

Também é importante considerar que as vacinas são a forma mais segura de prevenir a contaminação massiva da população por esses agentes infecciosos. Antigamente, problemas de saúde como sarampo, poliomielite, tétano, coqueluche e rubéola, eram muito mais comuns e causavam grandes problemas para a sociedade. 

Quando surgiram vacinas para essas doenças, foi possível controlar e em vários casos até erradicá-las completamente. É por isso que vacinar as crianças é tão importante e não deve ser deixado de lado em hipótese alguma. 

Mãe de primeira viagem: 10 dicas essenciais sobre maternidade!

Quais são as vacinas para crianças?

São muitas as vacinas indicadas para crianças e elas variam de acordo com a idade. Além disso, é importante compreender que, dependendo da vacina, é preciso mais de reforços para que haja a imunização completa. Em todo caso, a seguir você entenderá todas as vacinas para crianças, desde o nascimento até os 4 anos.

Vacinas para crianças ao nascer

Logo que o bebê nasce, ele recebe duas vacinas que são muito importantes: a BCG que é dose única e a 1ª dose de Hepatite B. A BCG é uma vacina que pode ser aplicada até os 4 anos de vida, no entanto, ela deve ser administrada o quanto antes. Por isso, atualmente a maioria dos hospitais já realizam a vacinação do bebê ainda na maternidade. 

Vacinas para crianças de 2 e 3 meses

Quando o bebê completa 2 meses de vida, ele começa a tomar as primeiras doses das vacinas Penta (DTP), VIP/VOP, Rotavírus Humano e Pneumocócica 10-valente (conjugada). Aos 3 meses de vida, é preciso tomar a primeira dose da vacina Meningocócica C (conjugada)

Vacinas para crianças de 4 e 5 meses

A próxima vacinação ocorre aos 4 meses de vida, quando é preciso tomar a segunda dose das vacinas anteriores. Nesse caso, a segunda dose aos 4 meses ocorre para a Penta (DTP), VIP/VOP, Pneumocócica 10-valente (conjugada) e Rotavírus Humano. No mês seguinte, quando a criança completa 5 meses, é preciso realizar a 2ª dose da vacina Meningocócica C (conjugada)

Vacinas para crianças de 6 e 9 meses

No sexto mês de vida do bebê, é preciso realizar a 3ª dose da Penta (DTP) e da VIP/VOP. Já no nono mês do bebê, é realizada a imunização contra Febre Amarela, podendo ser em dose única ou com reforço a cada 4 anos.  

Vacinas para crianças com 12 e 15 meses

Quando a criança completa seu primeiro ano de vida, é necessário realizar o primeiro reforço da Pneumocócica 10-valente (conjugada) e da Meningocócica C (conjugada). Além disso, é nesse momento que a criança recebe a primeira dose da Tríplice Viral. 

Aos 15 meses de vida, é administrado uma dose de Hepatite A, outra de Tetraviral e o primeiro reforço das vacinas Penta (DTP) e da VIP/VOP

Pneumonia em crianças: 10 coisas que os pais precisam saber sobre a doença

Vacinas para crianças com 4 anos

Após os 15 meses, a criança só precisa ser vacinada novamente com 4 anos de idade. Nesse caso, ela recebe uma dose de Varicela e o 2º reforço da VIP/VOP e da Penta (DTP)

Para que serve cada vacina? 

Uma dúvida muito comum sobre a vacinação é para que serve cada vacina. Pensando nisso, trouxe algumas informações importantes sobre a função de cada uma delas. 

  • BCG: conhecida pela cicatriz no braço, ela protege contra os dois tipos mais graves de tuberculose. 
  • Hepatite B: como o próprio nome sugere, ela protege contra a Hepatite B. 
  • Hepatite A: essa vacina protege contra a Hepatite A, outra forma grave de Hepatite.
  • Penta/DTP: também chamada de Pentavalente, essa vacina protege contra difteria, coqueluche, Hepatite B e infecções da bactéria Haemophilus Influenzae tipo B. 
  • VIP/VOP: também chamada de Poliomielite, essas vacinas (VOP é a gotinha e VIP é aplicada na coxa esquerda) previnem a paralisia infantil.
  • Pneumocócica 10-valente (conjugada): protege contra 10 subtipos de pneumococos, o que inclui bactérias que podem causar meningite e doenças respiratórias.
  • Rotavírus Humano: essa vacina protege contra a infecção gastrointestinal chamada de rotavírus.
  • Tríplice Viral: é a imunização contra caxumba, sarampo, e rubéola.
  • Tetra Viral: é a imunização contra sarampo, caxumba, rubéola e catapora. 
  • Varicela: é a vacina específica para catapora, mas em alguns casos, pode ser incluída em outras vacinas como a Tetra Viral. 

Dicas para vacinação infantil

Agora que você já sabe todas as vacinas que as crianças devem tomar até os 4 anos de idade, veja a seguir algumas dicas sobre a vacinação infantil. 

  • A criança deve estar saudável para ser vacinada, mas doenças leves e sem febre não devem atrasar a vacinação.
  • Se houver reação alérgica grave após qualquer vacinação, é preciso consultar o pediatra antes de tomar outras doses.
  • Siga as orientações do pediatra após a vacinação, pois algumas vacinas podem contribuir para o aumento do risco de sangramentos.
  • Bebês prematuros só podem tomar a BCG após ter 2 quilos e 1 mês de vida.
  • Não atrase a caderneta de vacinação, principalmente no caso da vacina do rotavírus.
  • Crianças que vão para berçário ou escolinha após a vacinação, precisam ser supervisionadas para observar se haverá reações alérgicas.
  • Não vacine a criança quando for viajar, pois é preciso acompanhar as reações após a vacinação.

As vacinas para crianças, adultos e idosos são muito importantes para prevenir doenças graves e evitar a contaminação em massa. Você já sabia sobre todas essas vacinas? Conte nos comentários qual delas você ainda não conhecia!

Mayara Figueredo

Sou Mayara Figueredo, mãe em tempo integral, esposa e administradora do lar!  Venha compartilhar seus momentos e experiências na maternidade comigo. Sejam bem vindas (os)!

Postagens Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *