Bronquiolite 

Doenças Respiratórias

 

A bronquiolite é uma doença respiratória, chega nas estações frias. Quais os sintomas e como cuidar do bebê em casa.
A Pediatra Doutora Karlidy Azevedo nos explica melhor sobre o assunto, o que é, os sintomas e os cuidados que devemos ter com a bronquiolite.
A bronquiolite, decorre de uma inflamação nos bronquíolos, as menores vias respiratórias que possuímos. A doença é provocada por um vírus e é complicada por acúmulo de muco nos pulmões, o que dificulta muito a passagem do ar. Com sintomas iniciais parecidos com um resfriado, a bronquiolite faz com que a criança tenha dificuldade para respirar, o que pode se tornar mais grave em menores de 6 meses, O vírus sincicial respiratório é um dos principais causadores da bronquiolite. Também pode causar infecções como otite, faringite e pneumonia. Porém, outros vírus também podem causar bronquiolite.

Leia também:

Quais os sintomas

Os sintomas iniciais da bronquiolite doença respiratória são mais leves: febre baixa, nariz escorrendo e tosse; podendo evoluir para dificuldade respiratória, chiado, irritabilidade, falta de apetite.
Os bebês prematuros, com problemas cardíacos ou pulmonares, e com deficiência na imunidade, são mais vulneráveis à bronquiolite, e com frequência, precisam ser hospitalizados.

Como cuidar do bebê com bronquiolite em casa

  1. Oferecer bastante liquido, para mantê-lo hidratado. Para os bebês que mamam no peito, basta intensificar a amamentação.
  2. Eleve a cabeceira do berço ou da cama, colocando uma toalha ou cobertor dobrado entre o estrado e o colchão.
  3. A elevação da cabeça melhora a respiração quando o nariz está obstruído.
  4. Inalação com soro fisiológico pode ajudar o bebê a eliminar secreção das vias aéreas. Peça orientação ao seu Pediatra.
  5. Dependendo do clima da sua cidade, use o umidificador de ar. A umidificação das vias aéreas facilita a respiração.
ATENÇÃO: siga as instruções do fabricante para manter a limpeza do umidificador.
Mantenho seu filho longe de fumaça de cigarro, cheiro de tinta, lenha queimada.

A EXPOSIÇÃO À FUMAÇA DE CIGARRO DEIXA OS BEBÊS MAIS SUSCETÍVEIS AOS VÍRUS RESPIRATÓRIOS 

 

Doenças resoiratórias
Imagem Reprodução
Converse com o Pediatra para ver a possibilidade de usar algum analgésico para diminuir o incômodo físico. Não dê remédios para resfriado por conta própria! Estes poderão ter efeitos colaterais graves em crianças pequenas. Crianças menores de 2 anos NÃO devem ser medicadas para resfriado, a menos que seja por prescrição médica.
Assim como o resfriado, a bronquiolite é uma doença viral, e portanto, não há uma fórmula mágica e rápida para sua resolução!

 

Sobre a Especialista:
Dra. Karlidy Azevedo
Médica formada pela Universidade Vale do Sapucaí, Pouso Alegre, MG; Residência em Pediatria pelo Hospital Estadual Infantil Darcy Vargas, São Paulo, SP; Residência em Terapia Intensiva Pediátrica pelo Hospital Municipal Dr. Artur Ribeiro de Saboya, São Paulo, SP; Título de Especialista em Pediatria, pela Sociedade Brasileira de Pediatria; Título de Especialista em Terapia Intensiva Pediátrica pela Associação de Medicina Intensiva Brasileira.
Abraços,

Mayara Figueredo

 
Autor

Sou Mayara Figueredo, tenho 33 anos. Mãe em tempo integral, esposa e administradora do lar!  Venha compartilhar seus momentos e experiências na maternidade comigo. Sejam bem vindos!

5 Comentários

  1. Bronquiolite foi nosso terror no ano passado. Depois dela, Rafa teve uma bela pneumonia e precisou ficar internado. Muito boas explanações!

  2. Ótima informação.
    A características do nosso inverno,é a ausência de chuvas consequentemente humidade do ar baixa. O ideal é manter atmosfera do quarto, casa etc…umidificado.

  3. Eu adoro o inverno, onde podemos nos encapuzar, comer melhor mas ODEIO a quantidade de virus que chega nesta época! Em casa então, com trigêmeas.. Socorro!!!
    Adorei as explicações da Dra. karlidy!

Deixe seu comentário

Pin It
Traduzir
error: Content is protected !!