Empreendedorismo feminino: 5 ideias para trabalhar em casa!

empreendedorismo feminino

A maternidade traz diversos desafios para a vida da mãe e um desses desafios é escolher entre a carreira e a criação dos filhos. Para quem decidiu ficar em casa cuidando dos filhos, saiba que hoje em dia é possível trabalhar em casa, ser independente financeiramente e levantar a bandeira para o empreendedorismo feminino.

Quer saber mais sobre esse movimento que tem conquistado mães no mundo todo? Veja a seguir 5 ideias para trabalhar em casa e aderir ao empreendedorismo feminino.

Como criar uma criança responsável para se tornar um adulto responsável

Licença Maternidade: Tudo que você precisa saber sobre o assunto

1. Prestação de serviços para empresas de terceirização

Hoje em dia há inúmeras oportunidades de trabalho na modalidade home office. Você pode atuar como secretária, assistente virtual, profissional de marketing, entre tantas outras opções. Entre as modalidades que existem, você pode conseguir contrato com empresas de terceirização, clientes para a prestação de serviços ou plataformas que intermediam essa relação.

Para conseguir bons trabalhos prestando serviços, você deve ter formação em alguma área ou realizar cursos para aprender novas habilidades. Por exemplo, se você já possui experiência como secretária, aborde empresas e clientes em potenciais.

Agora se você não possui experiência comece com cursos gratuitos na internet, conquiste vagas de aprendiz e esteja sempre disposta a aprender mais.

2. Fabricação própria e venda de produtos

Fabricar seus próprios produtos para vender é uma ótima forma de começar um negócio. Todo mundo sabe que quando fabricamos determinado produto, o lucro é maior. Se você possui habilidades com artesanato ou sabe fazer algo que as pessoas querem comprar, aposte nesta ideia.

Eventualmente, os produtos mais produzidos nestes modelos de negócios são de artesanato, como lembrancinhas para festas, itens decorativos, peças em biscuit e muito mais.

No entanto, para ter sucesso com sua empresa de fabricação e venda de determinado produto, você deve analisar o mercado, encontrar oportunidades para vendas e ter noção dos custos. Afinal, a ideia é lucrar o suficiente para se manter trabalhando em casa sem grandes dificuldades.

Clique aqui e aprenda a fazer Ovos de Páscoa Gourmet

3. Empreendedorismo feminino no marketing digital

O marketing é uma ferramenta cada vez mais explorada por pessoas no mundo todo para promover produtos, serviços ou ideias. Dentro do marketing digital existem diversas estratégias e oportunidades de trabalhar em casa, como programas de afiliados, por exemplo.

Se você ainda não sabe o que é um programa de afiliados, saiba que é uma forma estratégica de vendas onde você não cria produtos, mas vende itens já produzidos em troca de uma comissão.

É algo bastante inteligente, inovador e com grande potencial, já que você só precisa de um computador e uma conexão com internet para começar. Além dessa opção, há outras modalidades de negócio dentro do marketing digital que você pode explorar, como oferecer consultoria de marketing, montar uma empresa de marketing digital, entre outras opções.

Clique aqui e Aprenda a criar seu blog do zero

4. E-commerce ou dropshipping

Ter um e-commerce é uma ótima opção de negócio para quem quer trabalhar em casa. Mas saiba que essa opção exige investimento, dedicação, tempo e muita perseverança para ter boas vendas.

Além disso, você precisa escolher um bom nicho para atuar e produtos que sejam bons para vender. Ou seja, é um estudo bem calculado, planejado e pré-definido para que dê certo. O mesmo ocorre com o dropshipping, que é uma modalidade de negócio que não exige tanto investimento e que também pode ser feito pela internet.

Nesta modalidade, você promove a venda de determinado produto utilizando algumas estratégias de marketing para concretizar as vendas. Cada modalidade de vendas possui suas vantagens, por isso, você deve analisar a que mais te atrai.

5. Empreendedorismo feminino no mercado financeiro

Quem disse que mães não podem ser investidoras? O estereótipo do pai investidor está ultrapassado e não deve mais fazer parte do nosso dia a dia. É hora de levar o empreendedorismo feminino no mercado financeiro.

Isso significa que você pode explorar essa opção de trabalho em casa, afinal, qualquer pessoa pode ganhar dinheiro no mercado financeiro se souber exatamente o que fazer. Mas saiba que essa modalidade de trabalhar em casa exige bastante estudo, disciplina e foco, pois o mercado financeiro não é algo tão simples quanto parece.


Entre as opções de investimento que você pode explorar está a Bolsa de Valores Brasileira, ou B3. Nela você encontra vários investimentos, como o mini índice, que é acessível, fácil de investir e conhecido em todo o país.

Como explorar o empreendedorismo feminino em casa?

Tudo que coloca a mulher em uma situação empreendedora, sendo dona de seu próprio horário, sendo dona de sua própria empresa e responsável por seus ganhos, se qualifica como empreendedorismo feminino. Para aderir a essa prática comum principalmente entre as mulheres, você pode contar com as seguintes dicas:

1. Defina um horário de trabalho: separe o dia a dia de mãe, afazeres domésticos e trabalho. Embora algumas situações do dia a dia sejam difíceis de serem separadas, é preciso equilibrar todas essas coisas. No início pode ser difícil, mas a organização é a forma mais fácil de alcançar um bom resultado.

Maternidade e Carreira: amamentação e a volta ao trabalho

2. Defina uma metodologia de trabalho: saber onde, como e à que horas trabalhar é o mesmo que definir uma metodologia de trabalho. Nesse caso, aposte em uma boa definição de todos esses elementos para ter uma rotina organizada e fácil tanto para você, quanto para sua família.

3. Encontre uma oportunidade para trabalhar: viu só quantas opções de trabalho na internet existem? Além das opções que mencionamos, você pode explorar oportunidades para fazer na sua casa, como abrir uma loja de garagem, realizar serviços de manicure, entre outras opções de trabalho.

4. Seja disciplinada: trabalhar em casa pode parecer moleza, mas não se engane! Ter a liberdade de escolher seu horário de trabalho e rotina não é o mesmo que deixar para a última hora.A responsabilidade com seu trabalho deve ser encarada como algo muito importante, afinal, você teria que ter essa responsabilidade se estivesse em um emprego formal.

empreendedorismo feminino

Se você começar a trabalhar em casa, não desista logo de cara! No início é realmente difícil, mas as coisas vão se ajeitando e tudo começa a dar certo. Por isso, preze pela organização do seu tempo e seja persistente.

Posts Relacionados

Comente nossa postagem!

Seu endereço de email não será publicado.